Entenda o avanço da Iluminação Pública de Luziânia e Ingá nos últimos sete anos

Entenda o avanço da Iluminação Pública de Luziânia e Ingá nos últimos sete anos

Quando a atual gestão assumiu a prefeitura de Luziânia havia uma dívida de R$ 9,3 milhões com a Celg. A iluminação pública era muito cara e pouco eficiente. 26 mil pontos de luz usavam lâmpadas de mercúrio, com pouca luminosidade e consumo alto de energia. Vias importantes como a BR-040 estavam no escuro e não havia caminhões para manutenção. Tudo isso fazia com que o custo do serviço fosse muito caro e de péssima qualidade.

A atual gestão renegocia e quita a dívida com a Celg. Troca lâmpadas de mercúrio por lâmpadas de sódio, que produzem mais luz e gastam menos energia. Adquire caminhões e equipamentos para manutenção do sistema. São 40 mil o número de luminárias modernas, protegendo as lâmpadas contra depredação, chuva e poeira. A iluminação passa a ser mais eficiente, alcançando mais pessoas e o custo é menor.

Agora está sendo implantada mais uma etapa de modernização da iluminação pública, com luminárias de lâmpadas LED. O intuito é reduzir 50% do consumo de energia, redução de 80% do custo de manutenção, conseguir ampliar o número de pontos e reduzir o valor da taxa.

Fechar Menu