PREFEITOS DA REGIÃO DO ENTORNO SUL DO DF DEFINEM 10 MEDIDAS CONTRA O NOVO CORONAVÍRUS

PREFEITOS DA REGIÃO DO ENTORNO SUL DO DF DEFINEM 10 MEDIDAS CONTRA O NOVO CORONAVÍRUS

Dez medidas preventivas para evitar a chegada do novo
coronavírus (Covid-19) na região, assim como conter seu avanço a partir da
confirmação de caso da doença, foram definidas conjuntamente nesta segunda (16)
pelos prefeitos e secretários municipais de Saúde dos municípios da região.

O tema foi tratado em reunião extraordinária dos gestores
dos municípios de Luziânia, Novo Gama, Cidade Ocidental e Valparaíso de Goiás,
na sede da Prefeitura de Luziânia. O encontro foi convocado pela prefeita de
Luziânia, professora Edna Aparecida, e contou com a presença de gestores da
saúde e educação representantes das quatro cidades, além do comando do Corpo de
Bombeiros.

As medidas definidas 
deram origem a um Decreto que foi replicado em cada um dos municípios
participantes.

AS 10 MEDIDAS

As dez medidas debatidas e aprovadas foram: 1) a suspensão das aulas nas escolas municipais e particulares a partir do dia 18, até o dia 31/03; 2) a suspensão das atividades esportivas, culturais e de lazer; 3) alteração do regime de trabalho nas prefeituras, com determinação de trabalho em casa para servidores de 60 anos ou que apresentarem sintomas; 4) cancelamento de eventos públicos e privados; 5) recomendação para restrição de presença de pessoas em locais de grande circulação, com proibição do funcionamento de feiras; 6) suspensão das visitas hospitalares; 7) autorização para realização compulsória de exames, vacinações e tratamentos médicos; 8) contratação emergencial de pessoal para a área da saúde; 9) alteração do horário de trabalho dos servidores públicos de acordo com a necessidade da cada órgão; e 10) restrição do atendimento dos órgãos públicos para evitar aglomerações.

AÇÃO INTEGRADA

“Tudo isto que está sendo definido aqui em conjunto pelos
municípios terá impacto no dia a dia das pessoas e na economia, mas precisamos
elencar as prioridades, e a prioridade no momento é salvar vidas”, afirmou a
prefeita de Luziânia, professora Edna Aparecida, em coletiva à Imprensa
presente à reunião. Ela ressaltou que não há motivo de pânico, porque a região
não tem casos confirmados da doença até o momento e as medidas estão sendo
tomadas de forma planejada e integrada entre os quatro municípios.

Segundo a prefeita, as iniciativas adotadas e novas
estratégias serão avaliadas em uma próxima reunião conjunta a ser definida,
podendo as medidas serem relaxadas ou prorrogadas ao final do período
inicialmente determinado, de acordo com a necessidade.

Assessoria de Comunicação PML

Fechar Menu